Errei fazendo scalping no under limite

Escrito por Beto Rodrigues

Errei fazendo scalping no under limite

Mais um dia trabalhando no mercado de under, onde tenho encontrado diversas oportunidades, como scalping de curtíssima duração, outros um pouco mais longos, ou até entradas para pegar a bola final de uma partida, seja no próprio mercado de gols, ou até no match odds, entrando por exemplo em back na equipe que está vencendo ou lay ao resultado que não está ocorrendo, em qualquer situação, a favor do tempo.

Palmeiras x River Plate

A partida em questão é Palmeiras x River Plate, pelo jogo de volta da semi final da Copa Libertadores da América 2020.

A equipe brasileira havia conquistado uma excelente vantagem ao vencer o River Plate na Argentina por 3×0, e agora jogava com maior tranquilidade dentro de sua casa para carimbar sua vaga a final.

O que víamos em campo foi algo completamente distinto da primeira partida. O River dominou as ações do início ao fim da partida, conseguiu dois gols ainda no primeiro tempo, e foi para o intervalo muito mais vivo do que até mesmo o Muñeco Gallardo imaginava. Pelo lado verde a tranquilidade e vaga previamente assegurada havia se tornado aflição e risco de uma eliminação vexatória em casa era real.

Pelo que vimos no primeiro tempo, o River Plate certamente voltaria para a segunda etapa com o mesmo ímpeto em busca do seu terceiro gol, que igualaria o duelo, o colocando até em vantagem, pois pela regra do gol fora, a partir de então, se saísse mais um gol para cada lado, seria dele a vaga na finalíssima do Maracanã.

E de fato o River voltou ameaçando a equipe palmeirense e não demorou muito para balançar as redes adversárias, no minuto 55 saiu o terceiro. Porém, alguns minutos depois o VAR invalidou a jogada, alegando que na construção um jogador do millonario estava em posição de impedimento.

O jogo seguiu com o mesmo volume, River pressionando em busca do terceiro, o Palmeiras apenas se defendendo como era possível e criando muito pouco.

Haviam sim possibilidades de scalping durante esse período, já que cada bola que saia do campo de jogo, naturalmente, demorava bem mais que o comum para retornar, afinal de contas, é jogo de Libertadores!

Tentei aproveitar algumas oportunidades em tiro de meta para os locais, ainda mais antes do goleiro Weverton ser amarelado, o que veio a ocorrer somente com 87 minutos de jogo.

Porém o que mais gostaria de citar aqui é uma oportunidade de scalping especificamente que fiz mais perto ao fim da partida, com 89 minutos de jogo, uma falta no goleiro palmeirense, que certamente ficaria bons instantes no gramado, ganhando segundos preciosos em busca da classificação que estava muito disputada.

Me posicionei no under limite com a odd 1,31, notamos portanto que era uma odd até alta para os 89 minutos de partida, porém até pela inexperiência no mercado acabei cometendo um erro crucial que poderia ter me custado muito caro.

Reparem que eu entrei aos 89 minutos! E o que costuma ocorrer exatamente nesse momento da partida?

scalping

Exatamente . . . Subiu a placa dos acréscimos!

O juiz apontou 9 minutos complementares! E não me queixo aqui da quantidade de tempo acrescida, mesmo porque além do gol que já comentei, e o VAR levou muito tempo para analisar, houve também uma penalidade para os argentinos, que novamente o VAR cancelou após longa análise.

Os minutos eram justos, porém meu erro foi simplesmente ter me distraído e ter evitado o minuto 89 para realizar meu scalping.

Oras, se vai subir a placa, qualquer informação que ela contenha diferente do usual vai afetar diretamente o mercado, para cima ou para baixo!

Embora seja justo, nove minutos chama a atenção, pois não é o que vemos normalmente, uma média é de 3 ou 4 minutos de tempo extra.

Logo, o mercado reagiu, e contra a minha posição!

Os nove minutos adicionais certamente fazem com que em campo, a probabilidade de um gol acontecer cresça, isso é natural! Consequentemente a odd vai subir!

Eu que havia acabado de entrar a 1,31 tive que as pressas fechar a 1,46, ou me contentar em ficar segurando a posição correndo o risco (alto pela minha leitura de jogo) de perder a stake toda.

Enfim, 10% da stake se foi nesse erro, prefiro pensar que consegui preservar 90% e sair com um aprendizado dessa partida.

No meu ponto de vista não valeria a pena me manter na posição para evitar o red, mesmo porque em campo, o River buscava a todo custo o gol da igualdade, mesmo com um a menos em campo. Qualquer bola que sobrasse o Palmeiras poderia partir pro contra ataque e definir a sua classificação antes do apito final.

É assumir o prejuizo, anotar e aprender! Não tenham dúvidas que nas próximas oportunidades estarei não só atento ao que ocorre na partida, a necessidade das equipes, mas também se a placa está ou não para subir!

Instagram:

Caso queira conversar sobre scalping, sobre under limite, ou qualquer assunto relacionado ao trade esportivo, fique a vontade para me escrever no Instagram.

Loved this? Spread the word


Beto Rodrigues

Sobre autor

Me chamo Beto Rodrigues, corinthiano desde uns 9 meses antes de nascer, paulistano e apaixonado por qualquer tipo de esporte. Estou no trading já há algum tempo, porém no início apenas como um hobby, e como há males que vem para o bem, foi a pandemia que me fez virar a chave e virar full. Hoje posso dizer que prefiro operar contra o tempo, o gol é minha motivação, não o desespero! Estudar, aprender, evoluir, TODOS OS DIAS!

Postagens relacionadas

A Betfair me deu dinheiro!

Ver mais

Como virar a chave no trading esportivo 2021.

Ver mais

Sendo atraído por um mercado inexplorado

Ver mais

O LTD quando o underdog sai na frente

Ver mais

Deixe um comentário

Your email address will not be published. Required fields are marked

{"email":"Email address invalid","url":"Website address invalid","required":"Required field missing"}

Se inscreva na newsletter do Dia de Trading

Recebas as atualizações dos principais conteúdo do blog, de acordo com as duas preferências de leitura. Preencha o formulário abaixo: