Jogos de Grande Confiança – Pequenos Greens e Grandes Reds • Dia de Trading

Jogos de Grande Confiança – Pequenos Greens e Grandes Reds

Fala galera!!

Venho acompanhado mais os grupos de traders e punters brasileiros, até pra entender um pouco mais sobre o perfil e o nível da brazucada. Tenho percebido que muitos cometem os mesmos erros e vou falar hoje sobre um em específico: confiar demais em alguns tipos de jogos e ter seqüências de pequenos greens intercalados com grandes reds.

Trader ou Punter?

Primeiramente quero chamar a atenção para a diferença entre trader, punter e as derivações. Veja aqui o vídeo do parceiro Nettuno, está bem explicadinho:

Entenda também a diferença entre Casas de Apostas e Bolsa Esportiva

Muita gente se confunde com essas posições, tenta fazer tudo e não consegue fazer nada. Não sabem em que direção remar e ficam à deriva total. Se você é punter, as informações que eu vou dar aqui não são de grande valia. Conheço tanto de apostas punter quanto conheço de caviar e champagne. Mas se você é trader, alguma das variações observadas pelo Nettuno ou está buscando esse caminho, senta aqui e vamos conversar.

Um bom trader se auto-analisa

Pra escrever sobre esse assunto, fiz uma reflexão sobre mim mesmo. Sobre a forma como eu trabalhava a algum tempo atrás e sobre como trabalho hoje. Encontrei diversas semelhanças com o que eu fazia, com os erros que cometia e com os erros que vejo muitas pessoas cometerem.

Vou analisar as Match Odds, mas o que eu vou falar serve também para os mercados Under/Over e o que mais for considerado “seguro” para se operar.

As conclusões

Quando iniciamos, no geral, somos muito inconsistentes e/ou não rentáveis. Isso causa, além de outras coisas, uma grande insegurança e a tendência natural é a de irmos atrás daquilo que teoricamente, é mais garantido. Procuramos jogos com grandes favoritos onde todas as estatísticas estejam a nosso favor. Vamos para o jogo com 110% de certeza de que “vai bater”. Na nossa cabeça vai ser algo rápido… é só pegar o gol e pronto. E na maioria das vezes é o que acontece. São os pequenos Greens constantes.

Acontece que nem sempre os gols saem rápido. As vezes demoram, as vezes não chegam a sair e em outras, tomamos nas costas com o gol do não favorito. Bate o desespero. “Fecho? Assumo o prejuízo? Mas não pode… o tal time é muito melhor. Nunca perdeu em casa. Não vai ser hoje. Vou ficar mais um pouquinho só até sair o gol…”. Aí, acontecem os grandes Reds, intercalados com os vários pequenos Greens. A ‘técnica’, a longo prazo, vai quebrar a sua banca ou te dar muito trabalho e te levar a lugar nenhum.

Como ser mais rentável?

Consegui diminuir a variância e potencializar meus lucros agindo a minha maneira. Hoje, trabalho basicamente da seguinte forma: Analiso as Odds, tentando prever onde ela pode chegar até o fim do primeiro tempo. Dentro deste parâmetro, faço uma análise do que se passa no campo (faço constantemente uma pergunta a mim mesmo: o superfavorito está sendo superfavorito?) e caso o jogo diga a mim que vale a pena estar a favor do superfavorito, vou eu com meus back/lays sucessivos na primeira etapa.

Divido minha stake em duas ou três, planto acima e logo depois de entrar, saio abaixo. Ex: Stake de 90, divido em 3 de 30, coloco uma a 1,50, outra a 1,51 e outra a 1,52. Quando entra a 1,50 eu saio a 1,49 e assim sucessivamente. Tento ficar exposto com o máximo de Stakes possíveis quando o favorito chega a algum lance de perigo, sem forçar entradas no mercado. Se vejo que o mercado vai subir com mais força, tiro as stakes e planto mais acima, procurando o melhor preço. Dessa forma vou reduzindo o prejuízo da subida da Odd do superfavorito, estando a favor dele sem perder dinheiro (as vezes até ganhando algum). Se caso contrário, o superfavorito não seja tão favorito assim ou esteja mal no jogo, procuro opções no mercado halftime, buscando subidas em lay a ele. Ou estou de fora, só assistindo.

E no segundo tempo?

Na segunda etapa é diferente. É raro quando entro a favor do superfavorito nesta parte do jogo. O mercado precisa estar muito confiante na equipe e a peleia precisa ser um massacre. Caso não seja nada disso, espero oportunidades pra entrar em Lay, pegando as grandes variações das Odds. Pra quem está no início, isso pode parecer loucura. “Entrar em Lay ao Barça? Ao Real? Ao Bayern? Tu é louco?”. Te digo que, quando estas equipes estão perdendo ou empatando, as melhores oportunidades de trading aparecem. Fazer 20, ou 30% da stake é algo até certa altura, fácil de ser alcançado. Aí, se compararmos como quando pegamos o gol em Back na primeira parte, aquilo nos paga 20, 30%, quando paga bem.

Faça o que tiver que ser feito!

Não há como dizer exatamente o que você deve fazer, pois cada momento exigem uma ação, e cada ação, uma reação. Encontre as oportunidades e aproveite-as! Veja… tu não podes ir com a mente fechada, acreditando que tal equipe vai ganhar e pronto. Se ela não está bem, saia do mercado. Cogite estar de fora ou talvez entrar contra ela, porque não? Tu não precisas ficar 15 minutos nessa posição… Se bem feito, sua exposição será mínima pra uma rentabilidade ótima. Vou dar um exemplo aqui… Neste fim de semana o Barcelona estava empatando em casa.

Se você quiser ver outras situações como essa, na prática e em vídeo, conheça o nosso Curso de Trading e Apostas Esportivas

No mercado intervalo, aos 44’ estavam indo buscar dinheiro entre as Odds 5 e 5,5. Havia mais 1’ de acréscimo. Ou seja: davam ao Barça 20% de chances de marcar um gol em 2 minutos. Percebem o valor disso? Houve também a derrota do Bayern para o Augsburg. Aquilo foi uma mina! Bayern já campeão, jogando com time praticamente reserva e com um a menos. Não bastasse isso, o Augsburg jogava a bola. Era Lay Bayern! Vi muita gente dizendo que tomou Red. Que o jogo foi ruim. Pessoal, o jogo foi um dos melhores do fim de semana. Houveram muitas oportunidades pra fazer dinheiro. Quem não deixou se levar pela emoção e teve essa noção de jogo/mercado esteve do lado certo.

Se eles merecem, faça Lay!

Não tenham medo de fazer lay ao favorito, independente de quem ele seja. Calcule os riscos, estipule metas e vá em frente. Lembre-se que posições como essa não são algo pra se estar por muito tempo. São momentos do jogo e momentos do mercado. Se tu souberes identificar esses momentos, aumentam em muito as chances de seu profit and loss ficar cada vez mais verdinho!

Sei que haverão muitas dúvidas. Podem comentar aqui ou na página do facebook que eu prometo tentar esclarecer da melhor forma.

Vamos aos Greens!!!!!!

Forte abraço galera!

Veja o dia a dia do Trader Profissional
de graça!

Se inscreva gratuitamente e receba em primeira mão todos os artigos do Dia de Trading e as principais novidades do blog no seu email

Sobre Roberto

Roberto Tavares tem 25 anos, é paranaense, apaixonado por futebol e é trader profissional. Dedica maior parte do seu tempo a compartilhar conhecimento sobre trading no site Clube da Aposta e no Curso Avançado de apostas esportivas também do Clube da Aposta

2 comentários

  1. Muito bom esse artigo, gostei demais, principalmente com essas ilustrações que ficaram lindas!

    Parabéns pelo excelente trabalho 🙂

    • Ola Sergio, td bom com vc? Grato pelos elogios, estamos trabalhando para deixar cada dia mais material de qualidade aqui. Esse retorno ajuda muito.

      Qualquer coisa estamos ai.
      Abraços,
      Alan Seixas

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Veja o dia a dia do Trader Profissional
de graça!

Se inscreva gratuitamente e receba em primeira mão todos os artigos do Dia de Trading e as principais novidades do blog no seu email