O fator emocional no meu trade

Escrito por Beto Rodrigues

O fator emocional no meu trade

Já estamos acostumados a ouvir que saber controlar o emocional é fundamental no sucesso da carreira de um trader, seja ela esportivo, como é o foco desse blog, mas também com aqueles que operam no mercado financeiro. Eu particularmente acredito que saber controlar o seu emocional chega a ser tão importante quanto o seu conhecimento técnico, saber operar no mercado.

Mas o tópico desse post não é simplesmente uma decisão a ser tomada quando já está posicionado no mercado, me refiro a um fator emocional mais abrangente, que envolve todo o seu dia de trabalho, e utilizo como referência para escrever aqui justamente o que aconteceu comigo nesses últimos dias, espero que a experiência possa trazer pra você, que acompanha meus posts aqui, alguma reflexão, e quem sabe, ser benéfica.

fator emocional

Fator Emocional

Eu vinha de uma sequência excelente em todo esse mês de maio, foi sem dúvida alguma o mês mais eficiente, a curva ascendente me animava e dava mais confiança a cada dia finalizado de trabalho. É bem verdade que o red viria a qualquer momento, mesmo que eu mantenha o método cauteloso que tenho adotado, onde busco claramente reduzir o número de entradas em red, mesmo que para tal, seja necessário reduzir o percentual dos greens obtidos.

Dessa forma tenho trabalhado, me mantendo exposto no mercado o menor tempo possível, e tenho me sentido bastante confortável com essa estratégia. Não acredito que há métodos melhores ou piores no geral, mas sim métodos que se adequam melhor ao perfil de cada trader, e pelo que trabalhei na minha trajetória até então, é dessa forma que tenho me sentido melhor, e encontrado minha consistência.

Fato é que tive um problema no domingo, já no final do dia de trabalho, e por isso o resultado do dia não foi afetado, finalizando inclusive o que foi meu melhor final de semana no ano, devido ao bom resultado obtido tanto no sábado quanto no domingo.

Porém parei de trabalhar e fui dormir extremamente estressado com o problema que tive, pensando em soluções e em qual seria a melhor forma de contornar a situação. Ainda sem respostas me dediquei muito pouco ao trade na segunda feira, até por isso um resultado bastante baixo, embora positivo.

Na terça ainda não havia solucionado a situação, porém ainda assim resolvi trabalhar normalmente. Pensava eu que seria mais um dia comum de trade, e tudo bem, vida que segue.

Foi um dia de red.

Ok, mas os reds fazem parte, não podemos culpar outros problemas por termos red, eles surgem em qualquer estratégia, e precisamos da gestão de banca bem elaborada e disciplina para superamos os reds e as bad runs, pois assim seremos lucrativos a longo prazo.

Acontece que o red veio por um erro meu! Um erro que olhando pra trás eu penso “Pqp, mas por que eu fui fazer isso? Não é assim que eu trabalho!”

Bom, acordei na quarta, tentando esquecer os problemas, tentando esquecer o vacilo que eu havia dado no dia anterior e vim trabalhar normalmente. Dessa vez eu fechei o dia em … red!

Tudo bem, dois dias de red na sequência, absolutamente normal, eu já cansei de passar por isso e por sequências muito mais longas, e reds muito mais pesados.

O único problema é que agora, depois do ocorrido, analisando esse segundo dia de red, vejo que ele veio por um erro meu! Nem o primeiro, nem o segundo foram reds que acontecem, variâncias negativas. Foram dois erros pessoais, duas vezes que eu simplesmente esqueci a metodologia que aplico, fiz algo diferente e deu errado.

E isso vai acontecer sempre! Sempre que não estivermos bem da cabeça, sempre que não conseguirmos nos focar naquilo que estamos fazendo, sempre que não estivermos fazendo trade com a cabeça no trade!

Adicionei uma informação pertinente no meu gráfico de resultados diários desse mês: a média móvel utilizando um período de análise de 3 dias de trabalho

Vemos que a linha sempre ficou positiva, entre 5 e 20%, raramente um pouco acima disso. Pois bem, o que claramente mostra que em qualquer dia do mês, se eu pegasse a média dos últimos 3 dias, eu estaria ali, entre 5 e 20% que é exatamente o que eu busco por dia, resultados constantes.

E vejam só como essa linha despencou nos últimos dias!

Repito, se fossem apenas reds ocasionais, variâncias negativas, bad runs, ok, fazem perfeitamente parte do trabalho, mas o principal motivo está no motivo dessa queda, nos porquês de cada red, e a partir do momento que consigo identificar que eles vieram por erros, por falta de atenção, o sinal amarelo precisa piscar!

Aprendizado

Dessa breve, porém ao menos pra mim, muito importante análise ficam alguns ensinamentos

Não brinque com o seu dinheiro, não brinque com a sua banca, quando vier trabalhar, venha de por completo, a sua cabeça precisa estar aqui! Vale muito mais a pena não operar e ficar no 0x0 do que vir abalado e perder dinheiro.

Foco, concentração é tão importante quanto o conhecimento técnico! No red do jogo do Boca Juniors eu observei a oportunidade (conhecimento técnico estava ok) e quando fui tirar proveito dela simplesmente fiz uma ação oposta (a cabeça estava na lua).

Tá, mas o que eu faço?

Simples, resolva o que você tem que resolver, volte quando você estiver pronto a voltar! O seu resultado como trader esportivo pode ser uma bola de neve, para o bem ou para o mal! Saiba disso!

Saiba que quando você alcançar sua consistências, as coisas vão decolar! Sua banca vai subir cada vez mais: Com a banca subindo, sobe a stake, sobe o lucro, e a banca sobe ainda mais, isso se torna um ciclo benéfico, uma excelente bola de neve.

Porém se você está com problemas, que te impedem de trabalhar aqui como deve, nem venha! A chance de você resolver os seus problemas aqui, com a cabeça ruim, é muito baixa, pelo contrário. Na grande maioria dos casos o que vai acontecer é um resultado ruim, e seu dia que já não estava bom, ficará ainda pior, num efeito bola de neve negativo.

Instagram:

Fique a vontade para me chamar no Instagram e trocarmos uma ideia sobre nosso trade esportivo!

Loved this? Spread the word


Beto Rodrigues

Sobre autor

Me chamo Beto Rodrigues, corinthiano desde uns 9 meses antes de nascer, paulistano e apaixonado por qualquer tipo de esporte. Estou no trading já há algum tempo, porém no início apenas como um hobby, e como há males que vem para o bem, foi a pandemia que me fez virar a chave e virar full. Hoje posso dizer que prefiro operar contra o tempo, o gol é minha motivação, não o desespero! Estudar, aprender, evoluir, TODOS OS DIAS!

Postagens relacionadas

Como estão as Ligas Asiáticas

Ver mais

FOMO – Fear of Missing Out

Ver mais

Inteligência Emocional e o Trader Esportivo

Ver mais

Como vou me preparar para a Eurocopa e Copa América

Ver mais

Deixe um comentário

Your email address will not be published. Required fields are marked

{"email":"Email address invalid","url":"Website address invalid","required":"Required field missing"}

Se inscreva na newsletter do Dia de Trading

Recebas as atualizações dos principais conteúdo do blog, de acordo com as duas preferências de leitura. Preencha o formulário abaixo: