4% em 1 minuto! Nem precisou da bola rolar

Escrito por Beto Rodrigues

4% em 1 minuto! Nem precisou da bola rolar

Uma boa apresentação do MálagaCF fora de casa contra a equipe da Zaragoza, vitória por 2×1, 3 pontos na bagagem e green no saldo! Com direito a um green relâmpago de 4% sem o risco da bola rolando.

Depois de duas partidas ruins o Málaga precisava se recuperar para permanecer próximo a zona de classificação, o desafio não seria fácil, longe de casa contra a equipe do Real Zaragoza.

Dos 11 que iniciaram a partida da semana passada apenas Ismael não esteve disponível nessa viagem.

Não só os resultados, como também as apresentações das últimas semanas não foram boas, deivo a isso o treinador voltou a campo nesse domingo, com muitas substituições! Ao todo foram 6! Iniciando pelo goleiro, Juan Soriano fez sua estreia no gol do Málaga, já havia ficado no banco de Dani Barrio contra os Las Palmas e agora iniciou sua trajetória no clube.

Além do Soriano, I.Calero, Margalef, Quintana, Ramon e o centro avante Chavarria entraram na equipe titular.

A principal mudança veio dentro de campo, logo no início notávamos o Málaga com uma postura extremamente defensiva, jogando com a primeira linha de 5 atletas, depois uma linha de 4, e apenas o Chavarria na frente, na transição pro ataque notávamos 3 linhas de 3 atrás do atacante. Seriam raras as oportunidades de gol, dessa forma fiquei mais reticente quanto a entrar no LTD nessa primeira etapa.

Nos 10 primeiros minutos de jogo, nenhuma grande jogada, as duas equipes com bastante dificuldade em sair jogando, muito chutão pra lá e pra cá e pouco futebol, um começo nada animador.

Porém aos 13 minutos, num cruzamento vindo da esquerda, só poderia ser ele, Chavarría de cabeça pro gol, pra não fazer inveja em brasileiro algum, cinco minutos depois de balançar a rede ele pode comemorar, a lentidão do VAR existe em outros lugares também.

Não observei até então nenhuma oportunidade pra estar no mercado, cheguei a cogitar um lay Málaga antes disso pela falta de ofensividade, mas o fraco jogo também do Zaragoza me fez ficar de fora, felizmente.

Eis que na volta do VAR surge uma oportunidade, o mercado errou feio a precificação, a odd do empate que estava em torno de 3,00 no momento do gol deveria voltar em algo em torno de 3,20 a 3,30, e abriu um gap grande, me posicionei a 2,84 como quem não ter nada e bingo, foram buscar! Em questão de instantes se ajustou e consegui colocar 6% da stake do bolso, fechei rapidamente nos 3,25.

Dois pontos podem ser observados aqui: O primeiro deles, em situação de VAR, segure o dedo! não tente bancar o espertinho, não foi só você que viu o lance e o mercado aberto, aguarde, espere uma definição, o que aparentemente você pode ganhar do mercado, a betfair tira depois, há sim casos em que ela não corrige, mas não vale a pena correr esse risco, o melhor a se fazer nessa situação é aguardar, ficar de fora e esperar a definição e a volta do mercado.

Segundo ponto: eu tenho o costume de acompanhar os jogos com as odds da Bet365 a vista, para mim é um bom parâmetro em onde cada odd deve se posicionar após o acontecimento de algum evento importante, seja gol ou cartão vermelho.

Com base nessas informações fique atento, não são raras as oportunidades em que você poderá extrair algo do mercado nessas correções, e 6% não é pouca coisa! Muito pelo contrário, no final do mês, de grão em grão o resultado obtido apenas com essas rápidas entradas pode ser muito interessante.

Voltando ao jogo: absolutamente mais nenhuma oportunidade criada, jogo morno até quem? ele denovo, Chavarria numa bela jogada pela direita e a assistência pro Quintana, 2×0 pro Málaga, resultado que nem o treinador esperava nos 25 minutos de jogo, ainda mais pela ideia de jogo que ele mesmo propôs.

Observei novamente se haveria oportunidade de correção no mercado de empate, ela ocorreu sim, em menor escala mas ocorreu, me posicionei em 5,8 e consegui fechar em 6,4, somando mais 2% em nosso resultado.

Agora um lance em que eu gostaria de dar mais atenção nessa partida, e inclusive optei por ele ao nomear o post. Nos aproximando do intervalo, uma falta para o Málaga, no campo defensivo, sem qualquer perigo ao gol adversário e o zagueirão desaba, pelo que vi da jogada, absolutamente nada grave, mas uma bela encenação do camarada, claramente querendo esfriar um pouco a partida e ir para o vestiário com 2 gols de vantagem.

Assim que notei a disposição do zagueiro em permanecer estirado no gramado entrei no under limite, a 1,38, a rasgada no mercado veio rapidamente, e em instantes fechei minha posição em 1,32. Foram 4% extraídos do mercado com a bola longe de rolar, o zagueiro permanecia lá esticado esperando a maca tirá-lo do gramado.

Eu ainda poderia segurar um pouco mais, ver a bola voltar a rolar, estávamos no campo defensivo, mas não faz parte de minhas estratégias operar em under, para tal recomendo esse post. Foi apenas uma oportunidade que o jogo e o mercado me ofereceu, e estando assim na nossa cara, não tem muito porque recusarmos.

Foi uma entrada totalmente sem risco pelo fato da bola estar parada?

NÃO! há sim os riscos em TODAS as operações, nesse caso uma coisa que poderia ocorrer por exemplo era o mercado simplesmente suspender. Talvez eu sentiria meu coração acelerar até o apito final, pouco provável? sim, pouco provável, mas é um risco que se corre.

Outra ocasião seria o mercado reagir de outra forma que a esperada. Ah, mas a bola parou, o under iria descer! Sim, eu concordo, e por isso me posicionei, mas quem manda é o mercado, e não o meu ou o seu achismo, apesar de ser o mais coerente, algum tubarão poderia tomar posição diferente e o mercado ir contra nossa expectativa. Todo dinheiro no mercado está em risco, SEMPRE!

Não é por isso que devemos deixar de aproveitar as oportunidades, isso é um jogo de risco, de probabilidades, terá valor esperado positivo quando o retorno da operação compensar o risco que ela oferece, e nessa situação, compensava demais!

No segundo tempo, com um jogo praticamente definido já que o Zaragoza não chegava tanto, eu fiquei de fora do mercado. Poderia ter arriscado um vovô, mas se houvesse um terceiro gol, provavelmente seria do mandante, satisfeito com meu green apenas observei o fim da partida. Inclusive o gol veio, já se aproximando do fim do jogo e assim encerramos nosso trade nessa sexta rodada da LA LIGA 2.

Como anda o projeto:

Jogo 01: -0,73%
Jogo 02: +23,81%
Jogo 03: -26,00%
Jogo 04: +12,36%
TOTAL: +9,44% de nossa stake

Próxima Partida:

Fim de semana cheia para treinamento, dessa vez o Málaga CF terá compromisso! Na quinta feira as 16:30 receberá a equipe do Sporting Gijón. No momento o Málaga ocupa a sexta posição na tabela, estamos no G6! o Gijón é o vice líder com 13 pontos, 3 a mais que o Málaga.

Nosso canal no Youtube:

Não deixe de acompanhar os vídeos que a galera do Dia de Trading tem preparado, acompanhe nosso canal.

Instagram:

Quer trocar uma ideia sobre trade esportivo? Fique a vontade para me mandar uma mensagem no  Instagram.

Loved this? Spread the word


Beto Rodrigues

Sobre autor

Me chamo Beto Rodrigues, corinthiano desde uns 9 meses antes de nascer, paulistano e apaixonado por qualquer tipo de esporte. Estou no trading já há algum tempo, porém no início apenas como um hobby, e como há males que vem para o bem, foi a pandemia que me fez virar a chave e virar full. Hoje posso dizer que prefiro operar contra o tempo, o gol é minha motivação, não o desespero! Estudar, aprender, evoluir, TODOS OS DIAS!

Postagens relacionadas

Dois dias, Cinco Cliques – Desafio Cavalos Pré-Live

Ver mais

Desafio de 1k aos 10k – Inter, Juventus, Lazio, Real Madrid e ajuste da stake

Ver mais

Cadê meu RED? – Desafio Cavalos Pré-Live

Ver mais

Jogo 13: O Juande voltou a brilhar!

Ver mais

Deixe um comentário

Your email address will not be published. Required fields are marked

{"email":"Email address invalid","url":"Website address invalid","required":"Required field missing"}

Se inscreva na newsletter do Dia de Trading

Recebas as atualizações dos principais conteúdo do blog, de acordo com as duas preferências de leitura. Preencha o formulário abaixo: